O excepcional pet Samoiedo

samoiedo

As sociedades errantes usaram esta espécie samoiedo há mais de cinco mil anos, na região da Sibéria, embora haja outras interpretações acerca da procedência da espécie Samoiedo. O Samoiedo apenas podia ser percebido entre estas tribos, daí onde seu nome foi criado. Esses povos utilizavam esses cães para puxar trenós, caçar e para o pastoreio.
Os primeiros exemplares da raça Samoiedo aportaram na Inglaterra entre o período de 1870 a 1909, contudo nem todos cachorros eram de raça autêntica. Afirmam que a Rainha Alexandra adorou com tal força da raça que fez muito para tentar promover a raça na sua pátria. Fato é que ainda podem ser encontrados descendentes dos cães da rainha nos pedigrees atuais.
O Grão-Duque da Rússia, Nicolau, herdou de presente um Samoiedo, e esta raça conquistou a América no ano de 1906. Em razão de sua lindíssima fisionomia, sua personalidade amável e sua potência como um cachorro de tração, o Samoiedo vem crescendo a sua fama.

Características Físicas do Samoiedo

Essa é uma espécie que se aparenta bastante a um bicho de pelúcia, seu corpo é bem musculoso com uma musculatura bastante desenvolvida, seus membros são esféricos e amassados com um revestimento peludo bastante denso, a cabeça tem formato de cunha com seus olhos profundos, orelhas de tamanho médio bastante afastadas umas das outras em um posicionamento perpendicular e o focinho é de tamanho mediano com uma tonalidade escurecida.
Seu rabo tomba para qualquer lado, o pelo deste cão é bastante denso e muito belo. Sua expressão facial vem a ser engraçada: no momento em que olhamos para o Samoiedo, parece que ele está continuamente sorrindo!
A pelagem é bem espessa e volumosa, sendo longa, macia e lisa. Sua cor habitual é o branco simples, todavia podemos encontrá-lo em outras tonalidades: branco palha, amarela, amarelada e branco, preto e branco e branco e castanho.

samoiedo

Temperamento do Samoiedo

Essa espécie é bastante extrovertida, fazendo o que consegue com o intuito de deixar todos de fora e sua família sempre contentes! Se familiarizado, ele irá desejar sempre, ainda, dormir todas as noites ao lado de seu dono. As pessoas mais velhas adoram esta raça, pois ela possui uma facilidade em satisfazê-los e deixá-los mais sorridentes e, principalmente, sendo uma companhia pelo resto da vida.
Ainda que dócil, é imprescindível que o Samoiedo faça exercícios frequentes uma vez que é um cachorro adaptado com o serviço intenso. Para você que almeja tê-lo, saiba que esta raça carece de um amplo lugar, visto que eles nunca se dão bem ficando limitados, seja em casas ou apartamentos. Se estressados, eles são capazes de tornar a ser bastante destrutivos, mais bagunceiros, mastigadores de móveis e que irão cavar por todo lugar que for possível.
Pela necessidade de deixar o seu dono mais alegre, eles poderão ser educados, todavia não pense que será simples: eles são muito rebeldes.
Essa espécie possui tendência a ser dominadora e podem não se entender com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Samoiedos são muito mansos, frágeis, amorosos, habilidosos e estão constantemente com “sorriso” na sua fisionomia! O Samoiedo dispõe de um encanto impressionante, cativando todas as pessoas a sua volta.
Por causa de sua afetividade e amorosidade, o Samoiedo não vai desejar ficar longe de seu proprietário por muito tempo, o que faz com que essa espécie bastante apreciada por todo mundo.
Como esta espécie consegue conviver muito bem com visitantes e convidados, você nunca terá que ficar se preocupando em prendê-lo! Samoiedos são muito afetuosos até com estranhos, eles serão receptivos com os hóspedes dos donos.
Essa raça se conserva bastante limpa por vários dias, mesmo sendo cães primordialmente alvos e muito peludos. Por não terem glândulas subcutâneas, esta espécie não possui um cheiro ruim, que é típico nas demais espécies de cachorro. Você vai ter um gasto demasiadamente menor com essa espécie, especialmente se tratando de limpeza!

Pontos fracos do Samoiedo

Samoiedos carecem de exercícios físicos regularmente, uma vez que são animais bastante ativos e acostumados com trabalho difícil, para se conservarem mansos.
Esses cachorros são bastante dóceis, consequentemente, se você tem necessidade de um cachorro sentinela, olvide o Samoiedo.
Eles são divertidos, porém conseguem ser do tipo brincalhão “teimoso” e tornam-se indomináveis, não submetendo-se às ordens dadas pelo dono.
O Samoiedo é um cachorro muito dominante, não é recomendado ter outros animais de estimação junto dele, principalmente gatos! Contudo, se possuir algum outro cachorro em sua moradia, domestique o Samoiedo desde filhote para respeitar os companheiros.
Este cão vem de pátrias nórdicas geladas e, mesmo se adaptando ao clima tropical, não é indicado submetê-los a condições muito altas.
O Samoiedo costuma largar bastante pelo ao redor da residência em razão da sua troca de pelo.
O Samoiedo revela muitos problemas no que concerne a sua saúde, como: coloração estranha no olho, orelha tombada, ossos desequilibrados, pelagem cacheada, qualidades relativos ao sexo mal especificadas, displasia coxofemoral, podendo se tornar surdos, perigo de nanismo e a retina pode manifestar uma atrofia progressiva.

Como cuidar de um Samoiedo

samoiedo

O Samoiedo é um cão que tem demasiada energia e precisa despendê-la de algum jeito, se você deseja adquirir um cão dessa raça, esteja preparado para passeios diários e bastante diversão! Se você quiser um cão mais disciplinado, adestre-o precocemente.
E se você tem outros animais de estimação, o adestramento do Samoiedo é imprescindível: sem ele você vai ter um cão bem retraído, em especial com outros cachorros.
Esta raça possui a preferência de conservar-se dentro da casa, logo é indispensável que o proprietário instrua devidamente o cachorro com as regras de casa – todavia esteja preparado para uma atividade fastidiosa, pois o Samoiedo é muito teimoso! Toda semana realize a escovação de seu pelo, pois eles vão cair com uma certa frequência se você não o fizer.
Esta espécie é exageradamente inteligente e precisa de demasiado carinho do proprietário, esteja capacitado para dar bastante atenção e carinho a ele.

Filhotes de Samoiedo

Esses filhotes são bem carentes, toda vez desejando amamentar e cochilar muito, sem contar que eles são iguais a umas “bolinhas peludas”! Porém não pense que este período é demorado: em no máximo 10 semanas eles podem estar se divertindo e sendo exímios “desbravadores” por todos os cantos. Esta época é a melhor para que o seu proprietário eduque-o, para que no momento em que se desenvolver não dê trabalho em demasia. Neste período ele está mais propenso a interagir com outras pessoas, sendo mais simples instruí-lo. Logo após os 3 meses o Samoiedo começa a estender a sua dominância e o tratador tem que aprimorar o adestramento de obediência do cão com mais frequência. Após um ano de existência, este cão fica mais inteligente, deste modo o seu proprietário tem que acrescentar mais intensidade no seu ensinamento a fim de conseguir melhores resultados.
Um filhote apropriado necessita ser divertido e bastante bem-disposto. Todos os cachorros dessa raça têm um “sorriso” no seu rosto, com o lábio preto e olho marrom. No que tange às orelhas, não esquente a cabeça, elas só se elevarão logo após os 3 meses de existência. O rabo cai sobre o dorso a partir dos dois meses.

Curiosidades sobre o Samoiedo

O Samoiedo é visto como o cão nórdico mais submisso já conhecido, contudo ele tem um esquisito costume de ficar sempre buscando algo, principalmente nos buracos que ele cava no momento em que está enfadado.
Nos primordios da geração dos Samoiedos, os primeiros espécimes que foram trazidos para a Inglaterra não eram inteiramente brancos. A maioria era de uma coloração canela e ligeiramente menor que a raça original. Alguns destes espécimes eram oriundos de tribos nômades.
O início das importações oficiais de Samoiedos ocorreram em 1893 e o primeiro clube oficial de criadores da espécie se efetuou na década de XX e encontra-se em funcionamento ainda nos dias de hoje.
No decorrer das tempestades de neve, é habitual vermos Samoiedos empregando o rabo peludo para tampar o focinho.
A curvatura de seus lábios dá a sensação de estarem sempre “sorrindo”..

Deixe uma resposta